terça-feira, 16 de julho de 2013

Superclássico interrompido e torcedor entra a campo com um pato rubro-negro

No jogo Sampaio Corrêa x Moto Club, disputado pelo Estadual de 88, o jogo foi interrompido aos 53 minutos do segundo tempo, quando o árbitro José Roberto Wright assinalou um pênalti a favor dos bolivianos, quando o placar era de 1 a 0 para o Papão do Norte. Antes do jogo, um torcedor do Sampaio conseguiu entrar em campo com um pato vestido de rubro-negro. O torcedor deu a volta olímpica com o pato na mão e anunciou que o dito cujo seria assado para comemorar o triunfo sampaíno e consequentemente a conquista do terceiro turno do campeonato. Como o Moto estava ganhando e o jogo foi interrompido, melhor para o pato, que pelo menos se salvou, até então, da degola. Sobre o jogo, deixo abaixo a ficha e a foto do pato:

Moto Club 1x0 Sampaio Corrêa
Data: 18 de setembro de 1988
Local: Estádio Castelão
Público: 12.848 pagantes
Juiz: José Roberto Wright (RJ)
Aux.: Josenil Sousa e Renato Rodrigues
Gol: Ademir Patrício aos 37 minutos do segundo tempo
Expulsões: Dionísio e Rosclin
Sampaio Corrêa: Luís Sérgio; Luís Carlos, Rosclin, Ricardo Balbino e Chiquinho; Zé Carlos, Dias Pereira e Raimundinho Lopes (Beato); Ismael, Léo (Paulo César) e Marco Antonio. Técnico: José Dutra
Moto Club: Haroldo; Pedrinho, Marreta, Santos e Zequinha; Alfredo (Hélio), Caio e Jânio; Deca (Zé Roberto), Ademir Patrício e Dionísio. Técnico: Ubirajara Almeida


Nenhum comentário:

Postar um comentário