terça-feira, 30 de julho de 2013

Moto Club 1x2 Flamengo-RJ (amistoso 1972)

O Jornal do Dia, de 13 de Junho de 1972, registrou o embate amistoso entre Moto Club e Flamengo, realizado no Estádio Municipal:


Moto não resistiu
Fla ganhou e agradou: 2x1

O Flamengo do Rio, realizando uma excelente apresentação no primeiro tempo, venceu o Moto no interestadual de domingo passado por 2 x 1, em partida que agradou tecnicamente, com o time carioca mostrando um futebol de primeira, abrindo espaço na defensiva motorizada, principalmente na fase inicial, quando marcou seus dois gols e perdeu ainda oportunidades para aumentar o placar, como no chute de Fio, que tocou na trave depois de Assis batido e a excelente jogada de Caio, driblando Assis, que saiu da área e atirando com efeito e com muita malícia, com a pelota perdendo-se pela linha de fundo.

O primeiro gol, com a falha de Pinheiro, Vicente invadiu a área e tinha condições para marcar, mas como viu Caio caindo livre pelo meio, entregou a pelota para o artilheiro marcar sem apelação. O Moto estava sem se encontrar, o Flamengo marcou o segundo gol, fez a defensiva motorizada andar apavorada, tendo fôlego somente a segunda etapa, quando o Flamengo caiu de produção inexplicavelmente, alegando seus jogadores que o clima atualmente no Rio é frio e aqui está calorento. Na etapa final, o Moto cresceu em campo e quando marcou o gol através de Zé Branco, já tinha feito por merecer o tento que por sinal foi em bela feitura. O Flamengo deixava o adversário partir para o ataque e quando atacava, levava sempre perigo à meta de Assis.

O gol inicial foi marcado através de Caio, aos 4 minutos. Aos 8 minutos, Arilson aumentou, entrando pela esquerda ao receber lançamento de Caio e atirando de pé trocado, sem chances para o guardião motorizado. No tempo final, Zé Branco disputou uma bola com Rondinelli, venceu o zagueiro na corrida e ante a saída da meta de Renato, atirou pelo alto, acompanhou o lance e quando o zagueiro tentou salvar, o cearense chegou primeiro para tocar o fundo da meta. Logo em seguida, Joari teve o o empate nos pés e atirou fora. A arbitragem pertenceu a Van Lume, que não permitiu as cinco substituições como tentou o Flamengo, lembrando que assim tinha sido feito em Recife e Teresina. Francisco Sousa e Lercílio estrela foram os bandeirinhas. 

 Zé Maria driblou Sérgio e chutou com Assis saindo na hora certa e fazendo a defesa

Vicentini coloca em polvorosa a defesa do Moto, sendo marcado por Batistinha e Carlito e tendo mais atrás Sérgio na cobertura de Assis
 
 O primeiro gol do Flamengo: Caio concluindo e com Assis fora do lance, sem nada poder fazer

 Chiquinho, apesar de veterano, mostrou muita classe no time do Flamengo. Na foto,conversa com o repórter Mauro Campos

 Caio (irmão de César do Palmeiras) e Fio, os dois centroavantes do Flamengo

FICHA

Moto Club 1x2 Flamengo (RJ)
Data: 11 de Junho de 1972
Local: Estádio Nhozinho Santos
Juiz: Wilson de Moraes Wanlume
Bandeirinhas: Lercílio Estrela e Francisco Sousa
Gols: Caio aos 4 minutos, Arilson aos 13 minutos do primeiro tempo; Zé Branco aos 38 minutos do segundo tempo
Moto Club: Assis;  Edair, Marins, Pinheiro (Sérgio) e Carlito; Faísca e Joari; Wanderley (Tuica), Marcos, Zé Branco e Batistinha.
Flamengo (RJ): Renato; Moreira, Chiquinho (Rondonelli), Tinho (Chiquinho) e Wanderley; Zanata e Zé Mário; Vicentinho, Caio, Fio Maravilha (Dionísio) e Arilson


Nenhum comentário:

Postar um comentário