domingo, 27 de janeiro de 2013

Moto Club - amistosos internacionais

Trechos (avulsos) extraídos do livro "Memória Rubro-Negra: de Moto Club a Eterno Papão do Norte" sobre os jogos envolvendo o Moto Club e os times do Sport Vereniging Transvaal e Robinhood, ambos do Suriname. Em 1975, a Guiana Neerlandesa alcançou a sua independência e passou a se chamar Suriname. Em 1982, após um golpe militar que derrubou o primeiro-ministro, ocorreu um novo golpe, desta vez sob o comando do general Dési Bouterse, que foi posto no poder, justamente no momento da passagem do Moto Club pelo país. O Sport Vereniging Robinhood, ou apenas Robinhood, da cidade de Paramaribo, no Suriname, foi fundado em 1945 e utiliza as cores verde, vermelha e branca. O time manda seus jogos no Andre Kamperveen Stadion, que tem capacidade para cerca de 6 mil torcedores.



Sport Vereniging Robinhood na década de 80

"Em Outubro, de folga das disputadas do Campeonato Maranhense de 1982, o Papão embarcou para o Suriname. Pela primeira vez em sua história o clube ultrapassaria as barreiras do Brasil e mostraria o seu futebol em outro país, representando assim no campo internacional o bom nome do futebol maranhense e que agora mostrava a sua força no exterior. O convite surgiu quando o Moto construiu uma base solida dentro do Norte como um time de destaque, jogando contra times fortes, como Remo, Tuna Luso, Paysandu, Nacional do Amazonas, etc. Tinha sucesso pelas suas andanças pelo Pará, Amazonas, e sempre participava de torneios por essa região.

Vale ressaltar que essa não seria a primeira vez que o futebol maranhense travaria um duelo legitimamente internacional, contra um clube profissional. Na década de 1960 o Sampaio Corrêa teve a primazia de atuar, curiosamente, contra os mesmos clubes os quais o rubro-negro iria confrontar dentro de poucos dias: o Transvaal, da cidade de Paramaribo, e o Robinhood, configurando como o atual campeão do Suriname e o mais popular daquele país. Ao rubro-negro, contudo, coube a façanha de excursionar ao exterior, marca alcançada antes do seu rival tricolor, que somente excursionou em 1984 ao Suriname.

O Moto Club, que vinha apresentando um fraco futebol e de baixo nível técnico em seus últimos jogos pelo campeonato, com toda sua torcida já apreensiva e acreditando no declínio da equipe na reta final do certame, voltou a se reencontrar com seu belo futebol ao fazer sua estreia em Paramaribo, no dia 29 de Outubro. Bem recebido pela imprensa e torcida local, o Papão conseguiu vencer com facilidade a equipe do Transvaal, atuando com a seguinte formação em sua estreia em gramados internacionais: Samuel; Bassi, Paulo Roberto, Moacir Pernambuco e Zequinha; Tião, Zé Carlos e Raimundinho; Newton, Gil Lima e Zé Roberto. O placar de 2 a 1, porém, não retratou fielmente o que foi o rubro-negro em campo, face à superioridade do time maranhense diante do adversário: o Moto Club foi senhor em campo, envolvendo totalmente o time adversário, que jogando pelo meio, com tabelinhas rápidas e curtas entre Tião, Raimundinho, Gil e Lutércio, ou ainda com as subidas constantes de Bassi em apoio a Newton pelo setor direito. Pela esquerda com Zé Roberto, jogando bem aberto e em alta velocidade, vencia facilmente aquele setor, contando ainda com a ajuda de Zequinha, agora em grande forma.

A imprensa local também destacou o bom futebol apresentado pelo rubro-negro maranhense, fazendo alguns elogios individuais, principalmente ao lateral Bassi, ao ponta-direita Newton e ao meio-armador Raimundinho, que durante o tempo que esteve em campo, realizou jogadas sensacionais sob as vistas de Zé Roberto e Gil Lima autores dos dois gols do rubro-negro. Dois dias depois, novo amistoso, desta vez contra o fraco Hobinhood. Contudo, o resultado foi um 0 a 0 que frustrou as pretensões motenses, superior em campo durante os 90 minutos. O Moto Club voltou ao Brasil no dia seguinte, a tempo de conquistar o seu bicampeonato maranhense com uma vitória por 2 a 1 contra o Sampaio Corrêa, em Dezembro, coroando a boa fase pela qual o rubro-negro atravessava em princípios da década de 1980.
"

SÚMULAS

Moto Club 2x1 Sport Vereniging Transvaal
Data: 29 de Outubro de 1982
Local: Estádio de Paramaribo
Gols: Zé Roberto e Gil Lima (Moto Club) e Emanuelson (Transvaal)
Moto Club: Samuel; Bassi, Paulo Roberto, Moacir Pernambuco e Zequinha; Tião, Zé Carlos e Raimundinho; Nilton, Gil Lima e Zé Roberto. Técnico: Branco
Sport Vereniging Transvaal: Monpelilier; Goodfried, Letnon, Simons e Van Derkust; Mookoedoe,  Muller e Kartopawiro; Leisberden, Emanuelson e Hunsanto. Técnico: não identificado

Moto Club 2x1 Sport Vereniging Robinhood
Data: 31 de Outubro de 1982
Local: Estádio de Paramaribo
Moto Club: Samuel; Bassi, Paulo Roberto, Moacir Pernambuco e Zequinha; Tião, Zé Carlos e Raimundinho; Nilton, Gil Lima e Zé Roberto. Técnico: Branco
Sport Vereniging Robinhood: Leilis; Van Throo, Garden, Rustemberg e Ramboach; George, Entingh e Piñas; Steward, Klinker e Chobin. Técnico: não identificado


"Quase dois anos depois, em Março de 1984, novamente o Moto Club enfrentou o Hobinhood, desta vez no Estádio Castelão.  O representante do Suriname esteve no Maranhão para a realização de apenas duas partidas amistosas, promovidas pela FMD. Além do Papão, na época sob a presidência de Ibraim Assub, a equipe estrangeira também mediria forças contra o Sampaio Corrêa. O quadro visitante, apresentando um futebol de muita velocidade, virou o primeiro tempo vencendo parcialmente de 2 a 0. No início do período final aumentou para 3 a 0, e só com muita sorte o Moto conseguiu diminuir para 3 a 1, placar esse que retratou fielmente o que foi a mediocridade do quadro motorizado: sem defesa, com um meio de campo desligado e um ataque completamente inoperante, onde Cardosinho, Cândido e Zé Roberto irritaram os poucos torcedores que compareceram à partida."

SÚMULA

Moto Club 1x3 Sport Vereniging Robinhood
Data: 23 de Março de 1984
Local: Estádio Castelão
Juiz: Sérgio Faray
Gols: Rigteres e Klinguer (2 gols) e Cândido
Moto Club: Sérgio Gomes; Bassi, Ademir, Hamilton e Zequinha; Tião, Lutércio e Dias; Cardosonho, Cândido e Zé Roberto. Técnico: não identificado
Sport Vereniging Robinhood: Clark; Rustemberg, Garden Griffitis e Rambroack; Enting, Tang Hung e Stuart; Pinhas, Klinguer e Rigteres. Técnico: não identificado

Um comentário:

  1. Salve Amigos:
    Parabéns pelo blog - espetacular.
    Sou amigo do ex-goleiro Sérgio Gomes citado na matéria e gostaria de saber de vocês têm alguma foto dele que jogou no Moto em 1984.
    Tenho um site desde 2005 que conta a história do bairro da Água Rasa em São Paulo e lá temos a carreira do Sérgio Gomes e não conseguimos nenhuma foto dele no Moto.
    Temos várias do Paysandu (foi tricampeão) Ceará (foi tetra) Guarani Campinas e Juventus SP.
    Obrigado no que puderem ajudar.
    Nosso site: www.boleirosdaaguarasa.com - clique em Futebol, depois em os Profissionais e lá está o Sérgio Gomes.
    Obrigado no que puderem ajudar.
    Waldevir - vie do site dos boleiros.
    e-mail: boleirosdaaguarasa@gmail.com

    ResponderExcluir