quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Roberto Rivelino jogando com a camisa do Sampaio Corrêa em 1981

Extraído do livro "Sampaio Corrêa: uma Paixão dos Maranhenses"

"Um dos momentos marcantes na história do Sampaio Corrêa Futebol Clube e de todo o desporto maranhense aconteceu no dia 11 de junho de 1981. Roberto Rivelino, tri-campeão mundial pela Seleção Brasileira e ídolo de Corinthians e Fluminense, vestiu a camisa da Bolívia Querida no evento promovido pelo radialista Magno Figueiredo. O jogador atuou pelo clube maranhense em uma partida amistosa contra o Moto Clube de São Luis, este último contando com a participação do jogador Manfrini, ex-atleta do Fluminense do Rio de Janeiro. Riva não voltou na fase final, em decorrência de uma forte pancada sofrida no joelho direito, enquanto Manfrini queixou-se do cansaço. Nos momentos em que esteve em campo, Rivelino foi amplamente marcado pelo volante Emerson. Mesmo assim, realizou três jogadas de talento, sacudindo a galera e recebendo aplausos. Liderado pelo ex-meia da Seleção Brasileira, o Sampaio Corrêa atuou no empate em 1 a 1 com o Moto Clube com esta formação: Nemera; Mendes, Darci Munique, Cabrera e Celso; Magela, Geraldo e Rivelino; Ricardo, Mica e Bimbinha. Ao final do jogo festivo, a camisa 10 usada por Rivelino foi entregue à coordenação local da campanha em favor dos deficientes físicos, representada pelo Dr. Jámenes Calado, presidente da Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos."

Rivelino com a camisa do Sampaio Corrêa

FICHA DO JOGO

Sampaio Corrêa 1x1 Moto Club
Local: Estádio Nhozinho Santos
Juiz: Sérgio Faray
Gols: Pirila aos 39 minutos do primeiro tempo; Mica aos 32 minutos do segundo tempo
Público: 14.555
Sampaio Corrêa: Memera; Mendes, Darci Munique, Cabrera e Celso Silva; Magela, Geraldo José e Rivelino; Fernando, Mica e Bimbinha. Técnico: Celi
Moto Club: Bessa; Martins, Airton, Irineu e Zequinha; Emerson, Manfrine e Raimundinho; Pirila, Jorge Guilherme e Alberto. Técnico: Zé Eduardo Branco

Nenhum comentário:

Postar um comentário