terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Inesquecível Estádio Santa Izabel (em fotos)

Cenário de grandes jogos do nosso futebol, o extinto Estádio Santa Izabel nasceu imponente. Na verdade, nasceu junto com a chegada do futebol ao Estado do Maranhão, no início do século passado pelas mãos do industrial Joaquim Moreira dos Santos, o Nhozinho Santos, que dá nome ao segundo estádio de São Luis, localizado na Vila Passos.

Na época da chegada do futebol em nossos Estado, reuniram-se na residência da família Santos, na rua Grande, número 1018, onde funcionava o Instituto Zoé Cerveira, o líder Nhozinho Santos, seus irmãos Totó e Maneco, alguns amigos e convidados para tratar da implantação do “foot ball association” no Maranhão. Estiveram presents John Shipton, John Moon, Ernest Dobler, ingleses empregados na Boat Steamship Co. Ld. (Mala Real Inglesa) e na Booth Line & Co. Ld., e os maranhenses Izidoro Aguiar, Edmundo Fernandes, Afonso Gandra, José Ramos Bastos, Antero Novaes, Carlos Neves, Antero Serejo, dentre outros. Nesta reunião, ficou estabelecido que na vasta área da fábrica de têxteis Santa Izabel seria construído um campo para a prática do futebol, nascendo assim o Fabril Athletic Club - FAC. Neste terreno, localizado na área central da cidade, foram sacrificadas algumas árvores para que tivesse as dimensões necessárias para a prática do esporte.

Nasceu assim o famoso Estádio Santa Izabel, que chegou a receber jogos dos nosso clubes contra grandes equipes do futebol nacional, como Flamengo, Vasco da Gama, Santos, Olaria, Bangu e muitos outros. Imponente, o “Santa” passou, ao longo da sua existência, por algumas significativas reformas, influindo a construção de arquibancadas de concreto. Curioso ressaltar que era ali que a torcida do Moto Club, na época já sob os cuidados do industrial César Aboud, se acomodava. As outras equipes contentavam em alojar a sua torcida na famosa barreira, pedaço de terra e sem nenhum conforto ao lado oposto à confortável arquibancada “motense”.

Com o tempo – e principalmente com a construção do Estádio Municipal – o Santa Izabel foi perdendo o seu prestígio, chegando inclusive a ser fechado em alguns períodos e servir apenas de campo de treino para as equipes da nossa capital. O estádio, assim como todo o império da Fabril, foi penhorado para o pagamento de dívidas com o INSS. Assim, no final da década de 70, o estádio foi demolido e em seu lugar foi colocado de pé o prédio do Ministério da Fazenda, que funciona até hoje no Canto da Fabril, Centro de São Luis.

Aos amantes de Estádio de futebol, deixo aqui alguns registros do eterno campo do Moto Club, inclusive já na sua fase em ruínas, antes de ser penhorado.

 Visão da arquibancada de concreto

 Visão da parte de trás do gol, com a arquibancada ao fundo

 Arquibancadas em 1960


 Visão ao fundo da famosa Barreira

  Visão ao fundo da famosa Barreira - Moto x Ferroviário, em 1957

Visão ao fundo da famosa Barreira - Moto x Ferroviário, em 1957

 Santa Izabel já em fase de decadência, no final dos anos 70

  Santa Izabel já em fase de decadência, no final dos anos 70. Detalhe para a arquibancada sem a cobertura

 Visão geral do campo no final da década de 70

  Santa Izabel já em fase de decadência, no final dos anos 70

Nenhum comentário:

Postar um comentário