terça-feira, 27 de maio de 2014

Coritiba 4x0 Moto Club - Campeonato Brasileiro 1973

Matéria de O Estado do Maranhão, de 09 de Outubro de 1973, sobre a partida entre Coritiba e Moto Club, pelo Campeonato Nacional de 1973.


As alterações introduzidas na equipe pelo trinador José do Rio não foram suficientes para que o Moto Club conseguisse fugir de mais um resultado negativo na trajetória do Campeonato Brasileiro. Modificando o meio campo e o ataque, com a entrada de Carlinhos na frente da zaga e Agnaldo vindo buscar jogo auxiliando mais na frente o jogador Marcos, o quadro da Fabril viu todo o seu esforço de uma reabilitação ser jogado por terra pela deficiência técnica do arqueiro Sérgio, muito inexperiente e sem o gabarito técnico para disputar o Brasileirão, permitiu que os atacantes paranaenses do Coritiba subissem para as cabeçadas dentro de sua pequena área e em consequência abrindo o caminho para a goleada que o quadro não merecia.

Sofrendo o primeiro gol logo aos 45 segundos de jogo, a rapaziada motorizada não conseguiu se encontrar em campo durante os minutos iniciais da contenda, propiciando a que o time dirigido por Tim fizesse incursões perigosíssimas contra sua meta, mercê ao nervosismo que predominava entre os craques motorizados. Felizmente os atacantes coritibanos pecavam constantemente nos arremates e o Moto só veio a sofrer o segundo gol aos 45 minutos, quando Oberdan aproveitou-se de um cruzamento da esquerda para completar de cabeça. Perdíamos o jogo por dois a zero e, por incrível que pareça, por dois tentos consignados de cabeça em bolas cruzadas dentro da área.

Para a etapa complementar, José do Rio voltou a alterar o seu quadro, colocando Soares no posto de Carlinhos, que não vinha bem, e Alves substituindo Agnaldo para a ponta-de-lança. Com essas modificações o Papão conseguiu se articular melhor e passou a forçar mais um pouco o último reduto paranaense, desperdiçando algumas oportunidades para marcar, ante a deficiente marcação da defesa contrária. O Coritiba, sentindo que a partida estava ganha, tentou oferecer ao público um futebol exibição, e com isso o Moto respirou mais à vontade dentro de campo e vez por outra ameaçava o arco de Jairo. Sem a objetividade necessária, a torcida começou a vaiar o futebol do Coritiba, pedindo mais gols. Voltando a ser o mesmo time agressivo do primeiro tempo, o Coritiba, atendendo aos apelos da sua torcida, pressionou bastante depois dos 20 minutos da fase final, acabando por conseguir mais dois gols, ambos de autoria do artilheiro Zé Roberto, selando de uma vez por todas a sorte do Moto Club.

Embora perdendo por 4 a 0, o nosso representante não decepcionou, demonstrando muito espírito de luta, sem apelar para as jogadas violentas, aceitando disciplinarmente o resultado adverso e mais uma vez sendo traído pela falta de um bom plantel, pois Sérgio, que tinha a responsabilidade de substituir ao titular Ney no gol rubro-negro, entregou o jogo ainda na primeira fase.







FICHA DO JOGO

Coritiba 4x0 Moto Club
Data:
07 de Outubro de 1973
Local: Belford Duarte (Curitiba/PR)
Gols: Tião Abatiá, Oberdan e Zé Roberto (2)
Coritiba: Jairo; Cláudio, Oberdan, Orlando (Oliveira) e Nilo; Hidalgo, Dreyer, Bráulio e Zé Roberto; Aladim e Tião Abatiá. Técnico: Tim
Moto Club: Sérgio; Marins, Laudemir, Antônio Carlos e Chico; Carlinhos (Alves), Robertinho e Esquerdinha; Agnaldo, Dario e Marcos (Soares). Técnico: José do Rio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário