sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Sampaio Corrêa 1x2 Santos (SP) - Amistoso em 1957

 Extraído do livro "Sampaio Corrêa - Uma Paixão dos Maranhenses"

Em Outubro de 1957, o Sampaio Corrêa, por intermédio do dr. Luís Passos, atuou contra um combinado formado por marinheiros que serviam em nossa capital e do navio Soares Dutra, ancorado em nosso porto naquela época. O resultado desse encontro envolvendo o terceiro colocado do Campeonato Estadual de 1957 e o combinado formado pelos marujos foi um placar de 6 a 0 para o Sampaio Corrêa, no jogo onde toda a tripulação do Soares Dutra e os funcionários da Capitania dos Portos do Maranhão compareceram ao estádio, pagando cada um os seus ingressos, ajudando, assim, na renda em benefício ao hospital maranhense. Alguns dias após golear os representantes da Marinha, desembarcou em São Luis, sob a chefia de Vicente Feola, o atual bicampeão paulista, Santos Futebol Clube, para uma partida amistosa contra o Sampaio Corrêa. Coube ao ilustre visitante a cota de Cr$ 250 mil pela vinda à capital maranhense. Na partida, disputada no dia 06 de outubro de 1957, os grandes destaques pela imprensa desportiva maranhense ficavam por conta de Manga, Zito e Pepe, àquela altura grandes ídolos da agremiação paulista. No amistoso realizado na capital maranhense, o Sampaio Corrêa abriu o marcador, mas o clube paulista virou a partida, com dois gols de um ainda mortal jogador que, em pouco tempo, tornar-se-ia simplesmente o Rei do futebol33. Após o gol do Sampaio Corrêa, Pelé aproveitou um ‘cochilo’ da defensiva sampaina, com violento chute desferido do setor esquerdo venceu Dodó. O mesmo Pelé, foi o autor do goal da vitoria dos santistas, pouco depois. Vale ressaltar que, até a partida contra o Sampaio Corrêa, Pelé havia marcado apenas 46 gols em sua carreira.

 Santos Futebol Clube no Nhozinho Santos. Pelé é o penúltimo atleta agachado

 Sampaio Corrêa na partida contra o Santos

 Ataque do Santos

Lance do jogo

 FICHA DO JOGO

Sampaio Corrêa 1x2 Santos (SP)
Data: 06 de Outubro de 1957
Local: Estádio Nhozinho Santos
Juiz: Francisco Moreno
Bandeirinhas: Benedito Brandão e Heitor Nunes
Gols: Terrível (Sampaio Corrêa) e Pelé (2 gols)
Sampaio Corrêa: Dodô; Terrível, Arlindo e Walfredo; Elbert e Vareta; Gedeão, Marcos, Pirrita, Nabor e Rack.
Santos (SP): Manga; Mauro e Ivan; Fiatt, Brune e Zito; Dorval, Rubinho, Pagão, Pelé e Pepe

Nenhum comentário:

Postar um comentário