sábado, 30 de março de 2013

Ex-jogadores do Moto Clube relembram bons momentos


 'PAPO DE BOLEIRO'

Dois jogadores que atuaram no futebol maranhense, na década de 70, se encontraram nas ruas do Rio de Janeiro, cidade onde residem atualmente, bateram aquele 'papo de boleiro' e relembraram os grandes momentos vividos, por ambos, quando jogavam pelo Moto Clube de São Luís. Os ex-atletas, Milton e Santana, compartilharam do conteúdo desta conversa, que o Jornal Pequeno reproduz a seguir.

Milton – Lateral-esquerdo, jogou no Moto Clube, encontrou com Santana, maranhense que atuou pelo Moto e Ferroviário. Carioca, começou no juvenil do Vasco, teve passagem pelo futebol de Santa Catarina.

Falou de Abidias Melo que era proprietário da Dental São Luís e Jorge Luís, zagueiro do Maranhão, Alzimar, Vivico, Carlos Alberto e vários outros jogadores que gostaria de rever. 'Vontade não falta para voltar ao Maranhão e ainda poder rever estes velhos companheiros do Moto e do futebol maranhense', disse Milton.

Segundo Milton, naquela época o Moto Clube era um grande time do Nordeste e hoje está na segunda divisão do futebol maranhense e fora do mapa nacional.

'Fico muito triste em saber que o Moto teve esta decadência. Nos abalou bastante, porque na nossa época o Moto Clube era um time de tradição e de muitas conquistas, conhecido no Brasil inteiro. No entanto, fico feliz em saber que ele está com nova direção e torço para que o Moto volte ocupar a posição que ele nunca devia ter saído, desabafa.


Questionado sobre os autos salários pagos aos jogadores da atualidade, Milton diz que é de uma época em que ainda tinha os apaixonados pelo futebol, afirma que eles ficavam às vezes até sem salários, mas jogavam assim mesmo.

'Vejo que hoje está mais fácil de ganhar dinheiro. Tem a figura dos empresários que administram a vida dos novos talentos que vão surgindo. Na nossa época não tinha isto, nós tínhamos de colocar a chuteiras nas costas e correr atrás e era difícil porque havia muitos craques, como Rivelino, Tostão, Marco Antônio e outros', disse Milton.

Sobre o livro lançado contando a história do Moto Clube, Milton afirma ter ficado feliz ao saber da edição, e ainda mais por constar o nome de grandes jogadores que estiveram com ele na época áurea do Moto. 'Acima de tudo esta publicação do livro vai levar mais longe o nome do Moto Clube pelo Brasil', acredita o ex-jogador.

Santana – Meio campo, ídolo do futebol maranhense, o jogador está afastado de São Luís desde a época de 80. Sente saudades da época em que jogou pelo Moto Clube e Ferroviário. Atuou ao lado de outros craques maranhenses, da estirpe de Gojoba, Carlos Alberto, João Bala, Toca, Djalma, Alzimar, Marcial, Neguinho, Pelezinho, entre outros.

Sobre a dificuldade que o Moto passa, Santana lamenta muito e fica triste ao saber que o Moto está mergulhado numa grande crise. 'Acredito numa virada e que o Moto vai superar todos os empecilhos', afirma Santana.

Diante de tantos comentários e declarações, só nos resta criarmos expectativas de melhores dias para o Moto Clube e, consequentemente, para o futebol maranhense.

Fonte: http://www.jornalpequeno.com.br/2013/3/29/ex-jogadores-do-moto-clube-relembram-bons-momentos-248988.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário